Liceu Campinas realiza o 1º Festival de Futsal e Judô 2017
04/07/2017
ESSJ: Dia da Turma sobre afetividade e a fertilização de um mundo melhor
04/10/2017

Santidade Salesiana: P. Titus Zeman será beatificado em setembro

O Venerável P. Titus Zeman, salesiano sacerdote eslovaco, morto por ódio à fé aos 54 anos de idade (Vajnory, 4 de janeiro de 1915–Bratislava, 8 de janeiro de 1969), será beatificado no dia 30 de setembro de 2017 na Capital da Eslováquia, Bratislava. Comunicou-o ao Pe. Pierluigi Cameroni, Postulador Geral das Causas dos Santos da FS, no dia 21 de março passado, Dom Angelo Becciu, Substituto para os Negócios Gerais da Secretaria de Estado do Vaticano.

Representante de Sua Santidade para a celebração do Rito será o Cardeal salesiano Angelo Amato, Prefeito da Congregação das Causas dos Santos.

“Em colaboração com o Arcebispo de Bratislava, já começamos a preparar-nos para esse grande e extraordinário acontecimento. Depois de 14 anos teremos na Eslováquia mais um Beato, ou Bem-Aventurado: o primeiro Salesiano eslovaco a ser beatificado. Desde agora convidamos, com jubilosa alegria, todos os Fiéis da Igreja eslovaca, a Família Salesiana e os Amigos da Obra de Dom Bosco a não se esquecerem dessa data – 30 de setembro de 2017 –, para podermos celebrar, juntos, o Evento da Beatificação do P. Titus Zeman” – declarou o P. Jozef Ižold, Inspetor dos Salesianos na Eslováquia.

A beatificação é a etapa intermédia rumo à canonização. É o ato com o qual o Sumo Pontífice concede a um Venerável o culto público e eclesiástico, limitado aos lugares e nos modos estabelecidos pela lei. O rito de beatificação se realizará no decorrer de uma solene Celebração Eucarística durante a qual o Representante do Papa dá leitura à Carta Apostólica, firmada pelo Sumo Pontífice, na qual, após tracejar um sintético retrato espiritual do servo de Deus, o Papa declara solenemente que o Venerável pode ser chamado “Beato” (ou ‘Bem-Aventurado’ (Bv.), indicando a data da sua ‘memória litúrgica’, usualmente o ‘dies natalis’ (dia do nascimento aos céus, ou seja, da ‘morte’), devendo ser celebrada todos os anos, nos lugares e nos modos estabelecidos.

“A Igreja de Deus que está na Eslováquia e a FS agradecem por este grande dom da Beatificação do mártir P. Titus Zeman, dom que empenha a viver com renovada fidelidade a vocação recebida e a testemunhá-la com coragem também na hora da prova e da perseguição” – comentou o P. Cameroni.

ANS – Cidade do Vaticano