Sagrado Coração de Jesus faz formação sobre Itinerário Catequético
04/27/2016
“Speak Up!”: DBYN forma voluntários para levantar a voz pelos jovens refugiados
04/27/2016

Salesianos devem atender mais de 42 mil atingidos em terremoto no Equador

“Ninguém vive de suas lágrimas – disse Dom Travez, Arcebispo de Quito –, mas vive do seu auxílio”. Palavras duras, mas também empenhativas. E é uma verdade que, desde o terremoto, aqueles que mais sofrem são os pequenos. A UNICEF e os seus parceiros humanitários afirmam “que são necessários 23 milhões de dólares para satisfazer as exigências de pelo menos 250 mil crianças no decorrer dos três próximos meses. Precisamos que esse auxílio chegue às crianças o mais depressa possível”.

O terremoto que atingiu o Equador devastou cidades como Pedernales, Manta, Portoviejo, Bahía de Caraquez, Esmeralda e Muisne; os últimos acertamentos dizem que foram 654 as vítimas e mais de 5 mil os feridos.

A tragédia atingiu a Província de Manabi, a cidade de Manta e especialmente a Paróquia urbana de Tarqui, uma das zonas mais povoadas (onde estão presentes também os Salesianos). Inteiras famílias ficaram sem casa e totalmente desabrigadas. A falta de alimentos e água, e a degradação devida ao terem de ficar unicamente ao quase relento, sem serviços de base, influi sobre a integridade não só dos adultos mas também dos idosos, dos jovens e, especialmente e de modo mais intenso, das crianças e adolescentes.

Desde o primeiro momento os Salesianos começaram a trabalhar num plano de ação que prevê atendimento para mais de 42 mil pessoas atingidas pelo terremoto.

Os Salesianos no Equador trabalham em coordenação com entidades governamentais e não-governamentais, atuantes nas áreas danificadas pelo abalo para melhorar o afluxo, o influxo e o alcance desses auxílios de emergência, para as populações dos bairros de Tarqui e Crucita.

Após esta ação de emergência os auxílios serão reorientados: para o trabalho de remoção das ruínas e para a reconstrução, sobre o que dará maiores informações a Inspetoria Salesiana do Equador.

“Não podemos resolver tudo, mas podemos ajudar em alguma coisa” é o lema para todos quantos desejem colaborar. Quem igualmente quiser contribuir, pode fazê-lo através do sítio www.salesianos.org.ec.

ANS – Manta