Pe. Pessinatti toma posse como inspetor do Nordeste
01/08/2016
Terremoto atinge presenças salesianas na Índia
01/08/2016

Salesianos ajudam vítimas do El Niño no Paraguai

Casal de idosos se abriga na parte mais alta da casa - AFP

O fenômeno climático conhecido como El Niño está causando o caos em todo o mundo. Segundo as últimas previsões da Administração Oceânica e Atmosférica dos EUA, as dimensões poderiam ser catastróficas.Em sua Mensagem de Início do Ano, o Papa recordou que “a indiferença relativamente ao próximo assume diversos semblantes… Quase sem nos dar a perceber, tornamo-nos incapazes de experimentar compaixão pelos outros, por seus dramas; não nos interessa pensar neles”. Perante tais e tão dolorosas situações, os Salesianos do Paraguai manifestaram estar “sempre prontos” para enfrentar as calamidades causadas pelo “niño” (menino).

Nas últimas semanas os Salesianos do Paraguai realizaram uma série de atividades para ajudar famílias em dificuldade. Os meninos do ‘Movimento dos Exploradores Paraguaios de Dom Bosco’ (MEPD) coletaram alimentos, roupa e gêneros de primeira necessidade pelos flagelados das enchentes.

Os responsáveis pelas atividades de solidariedade afirmam que há necessidade de perto de 200 voluntários por dia para organizar as doações. E convidaram os generosos a apresentar-se diretamente nos locais, entre a Avenida Kubitschek e Azara.

Segundo o Coordenador da Pastoral Social, Ricardo González, os alimentos reunidos serão distribuídos nas zonas mais atingidas pelas águas do Paraguai: Ñeembucú, Presidente Hayes, San Pedro, Assunção.

No momento os flagelados precisam de alimentos não-perecíveis (açúcar, arroz, farinha, macarrão, feijão, ervas aromáticas, café, óleo e produtos para forno secos). Precisa-se igualmente de material de higiene (sabão, detergentes, sacos para lixo, materiais usa-e-joga, bolsas, gelo, barracas, caixas de embalagem, fita adesiva…).

“Sempre prontos!”: um estilo de vida, de solidariedade, para com os mais necessitados.

ANS – Paraguai