Nota de falecimento: Sr. Geraldo Lopes
11/13/2018
Ex-aluna do UNISAL assume cargo na ONU
11/14/2018

RSB e redes de educomunicação se reúnem em São Paulo

Ir. Márcia Koffermann apresenta a atuação salesiana no campo da educomunicação

A Rede Salesiana Brasil esteve representada no II Congresso Internacional de Comunicação e Educação, realizado na Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) entre os dias 12 e 14 de novembro. Ir. Márcia Koffermann, diretora executiva da RSB-Comunicação, falou sobre a educomunicação como inovação em mesa redonda realizada no dia 13.

O evento reuniu oito iniciativas de grupos de especialistas e instituições que trabalham com a educação para a mídia. Presidido pelo Prof. Ismar de Oliveira Soares, teve quatro mesas redondas, 13 painéis e 39 grupos temáticos, reunindo 250 expositores de 15 países e envolvendo mais de 950 comunicadores, educomunicadores, pesquisadores e estudantes interessados no campo da educomunicação.

Presença da Igreja

Além da Rede Salesiana Brasil, que adota a educomunicação como um de seus paradigmas de suas ações com os jovens, a Igreja esteve representada no congresso pela Signis ALC e pela RedEDUCOM na pessoa do educomunicador Carlos Ferraro, presidente da Associação Católica Latino-americana de Comunicação.

Educomunicação em rede

O congresso discutiu experiências em educação midiática nas esferas global e América Latina. No âmbito global foram apresentadas três redes: GAPMIL – Aliança Global para Parcerias em Mídia e Alfabetização Informacional , para a América Latina e o Caribe; MilObs – Observatório de Mídia, Informação e Alfabetização, com sede em Braga, Portugal e Rede Mundial de Educomunicação , do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, com sede em Roma, Itália.

Na esfera ibero-americana, esteve presente a ALFAMED – Rede de Pesquisa Euro-Americana Interuniversitária sobre Competências de Mídia para a Cidadania, sediada em Huelva, Espanha. Na América Latina, a RedEducom Latin America foi convidada, com sede em Bogotá, Colômbia, bem como a recente proposta de Rede de Mobilização Latino-Americana para Educomunicação , com sede em São Paulo.

A Argentina está foi representada pela Rede de Cadeiras, Pesquisa e Intervenção em Comunicação e Educação , sediada em Entre Rios. Por sua parte, o Brasil trouxe ABPEducom , que reúne pesquisadores e profissionais da Eduomunicacção em todo o território nacional.

Com informações da SIGNIS Brasil – Foto: Fabiana Santello