Família Salesiana se reúne em mais uma romaria na casa da Mãe Aparecida
08/20/2018
Inspiração: Pe. Narciso Ferreira recebe carta do Reitor-Mor
08/21/2018

Instituto Dom Bosco na 25ª Bienal Internacional do Livro

A tradicional Bienal Internacional do Livro, realizou do dia 3 ao dia 12 de agosto a sua 25ª edição. E como proposto todo ano, os leitores do mês, aqueles que mais leram livros da biblioteca do Instituto do Bosco, foram convidados pela responsável do setor, Ângela Lopes, para realizar a visita na “feira”. A atividade aconteceu no dia 10 de agosto, no espaço que reuniu em um mesmo lugar as principais editoras, livrarias e distribuidoras do país, com uma proporção significativa de mais de 50 mil m². Jovens do Centro para Crianças e Adolescentes CCA – Programa Vida Melhor PROVIM e Centro de Desenvolvimento Social e Produtivo CEDESP, foram contemplados. Além disso, jovens do CCA que demonstraram interesse na feira foram também convidados para o momento.

Confira a opinião dos educando do CCA PROVIM:

“Eu achei interessante, quero vir mais vezes, conhecer com mais tempo, tem muita coisa para ver e o tempo parece que nunca é suficiente. Foi bem legal, aproveitei. Fiquei surpresa ao ver uma escritora, porquê eu nunca tinha chego perto de uma antes ” – Elaine Yasmin, 12 anos.

“Ir a Bienal me deixou muito ansiosa, porque só faltava um livro para a minha coleção favorita e fui toda empolgada para comprá-lo, mas chegando lá, as opções eram tantas que me deixei levar e outro livro me chamou mais a atenção e acabei deixando esse para depois” – Tatiane de Medeiros, 14 anos.

“O que achei mais legal da Bienal, foi o tanto de empresas presentes como: Ciranda Cultural, Legião Nerd, Maurício de Souza, Comics, entre outros. O que mais gostei foi da Microsoft, que disponibilizou jogos de aventura, dava para passar de fase e tudo” – Pedro Henrique, 12 anos.

“Eu gostei bastante da Bienal, eu nunca tinha ido, foi bem interessante ver tantas coisas novas. Eu não imaginava que existiam tantos livros assim, me senti mais motivada para ler depois da visita” – Amanda Amancio, 12 anos.

“Achei a Bienal, um lugar, muito diferenciado eu nunca tinha ido a um lugar tão cheio de livros. Fiquei muito surpresa! Muitos livros me chamaram a atenção, especialmente um chamado Com Amor, Simon, que já tem até o filme, é legal saber que a maioria dos filmes são inspirados em livros. No livro sempre tem maiores detalhes de tudo, bem mais do que nos filmes. Eu queria ter ficado mais tempo na Bienal, tava era pensando em um jeito de conseguir ficar lá até de noite (risos)” – Aline Candido, 13 anos.

Achei a Bienal maravilhosa, uma experiência incrível que todos deveriam viver! Em pouco tempo já sai com três livros, como o Diário de Anne Frank e Com Amor, Simon. Queria ter ficado mais tempo na Bienal, pena que só tem uma vez por ano” – Sarah Letícia, 13 anos.

Fabiana Santello – Comunicação e Marketing – Instituto Dom Bosco