Estudantes de Teologia visitam o Arquivo da Cúria Metropolitana
10/30/2018
ENAS reflete sobre compromissos fundamentais da ação social salesiana
11/01/2018

Instituto Dom Bosco: famílias do CCA Provim festejam mês das crianças

Quem disse que brincadeira é só coisa de criança? No Instituto Dom Bosco Bom Retiro, os educadores se juntaram à turma do Centro para Crianças e Adolescentes Programa Vida Melhor CCA PROVIM e colocaram os responsáveis para se divertir!

No mês da criança, com o objetivo de promover a integração e estreitar os laços com os familiares, motivar a participação dos responsáveis em momentos de reflexão e com atividades que envolvam o resgate de valores como o exercício de tolerância, a solidariedade e a cooperação dentro do âmbito familiar, a turma de educadores e educandos do CCA PROVIM, realizou na quadra do Instituto em ambos os períodos (manhã e tarde) atividades com muita energia.

Logo no primeiro momento, as famílias foram recebidas com o canto das crianças e já entraram na dança, ou melhor, no canto, acompanhando o refrão mais conhecido. Após as boas vindas, realizaram algumas atividades, como “Estoure a Bexiga”, onde o pequeno deveria fazer dupla com o (a) responsável e ficavam cada um com uma bexiga, tendo que estourar a do outro e não deixar estourar a sua própria. Muitos sorrisos e ação durante os circuitos propostos, mas o que fez crianças e adultos caírem na gargalhada, foi a atividade final “Torta na cara”. Errou a pergunta? Torta nele (a).

“Foi uma atividade muito gratificante, tanto para quem está observando quanto para quem estava participando. Em ver aquelas famílias que fizeram o esforço de sair de suas rotinas, para ir brincar com seus filhos. Foi uma sensação muito boa ver aqueles sorrisos e aquela interação toda em ouvir: ‘Eu estou brincando com a minha família’, afirmou Danilo Silva Venacio, educando do CCA PROVIM.

“Ver que todos saíram satisfeitos com as atividades, que eles possam realizar mais atividades dessa aqui no Instituto Dom Bosco e levar a experiência para os seus lares. Lembrando que o principal não era a competição entre as equipes, mas sim o objetivo de interação e felicidade entre eles”, declarou Igor Coelho, assistente do CCA PROVIM.

 

Instituto Dom Bosco