Escola Salesiana São José participa de competições de conhecimento
06/29/2018
Recreio dirigido: um momento de integração e diversão
07/02/2018

INSA-Oratório aproveita Copa do Mundo para incentivar a leitura

Entre os dias 25 e 29 de junho, durante as aulas de Língua Portuguesa com a Professora Adriana Souza, os alunos do Fundamental II do Instituto Nossa Senhora Auxiliadora (INSA-Oratório), de Cruzeiro, tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais da literatura mundial com a Copa dos Livros.

Aproveitando a ocasião da Copa do Mundo de futebol, a professora organizou uma atividade na qual, diversão e aprendizado, os alunos foram protagonistas implacáveis. Eles leram as sinopses de obras literárias dos países participantes da competição esportiva e realizaram “duelos” entre as equipes. A cada “jogo”, os alunos votaram na sinopse que consideraram mais interessante, que avançava à próxima fase, até a final.

As três obras finalistas são do Brasil, Dinamarca e Marrocos, sendo a vencedora a marroquina “Canção de ninar”, de Leila Slimani, a qual reproduzimos a sinopse a seguir. Os três livros mais votados serão adquiridos para leituras compartilhadas após as férias.

Sinopse – Canção de ninar

“Quem cuida dos seus filhos quando você não está olhando?

Apesar da relutância do marido, Myriam, mãe de duas crianças pequenas, decide voltar a trabalhar em um escritório de advocacia.

O casal inicia uma seleção rigorosa em busca da babá perfeita e fica encantado ao encontrar Louise: discreta, educada e dedicada, ela se dá bem com as crianças, mantém a casa sempre limpa e não reclama quando precisa ficar até tarde.

Aos poucos, no entanto, a relação de dependência mútua entre a família e Louise dá origem a pequenas frustrações – até o dia em que ocorre uma tragédia.

Com uma tensão crescente construída desde as primeiras linhas, Canção de ninar trata de questões que revelam a essência de nossos tempos, abordando as relações de poder, os preconceitos entre classes e culturas, o papel da mulher na sociedade e as cobranças envolvendo a maternidade.

Publicado em mais de 30 países e com mais de 600 mil exemplares vendidos na França, Canção de ninar fez de Leïla
Slimani a primeira autora de origem marroquina a vencer o Goncourt, o mais prestigioso prêmio literário francês”.

Comunicação e Marketing – INSA-Oratório