O dia em que João Bosco recebeu a batina
08/19/2014
Setembro: o mês da Bíblia
09/02/2014

“Estou convencido de nossa vida deve ser usada para servir”

“Eu sempre disse sim ao Senhor, nem sempre convicto, mas sempre com grande disponibilidade”. Essas palavras fizeram parte da homilia do padre Ángel Fernández Artime aos irmãos da Casa Generalícia, durante a Missa de agradecimento a Deus pelo seu aniversário, hoje, 21 de agosto.

Em sua breve homilia, o Reitor-Mor abordou questões como a comunidade, a família, o serviço e a descoberta da vocação.

Inicialmente, ele se referiu aos irmãos da Casa Generalícia: “Um muito obrigado a meus irmãos, a suas orações e à sua presença aqui; vocês são meus irmãos e minha comunidade (…) Muitas vezes vivemos tantos anos juntos e não conhecemos a história de nossos irmãos, e isso é uma pena, indica que algo está errado “.

E, assim, contou uma parte de sua história: “Agradeço a Deus por minha família e por suas origens humildes”. O padre também disse que tem orgulho de ser filho de pescador e que ele também deveria ter sido pescador, mas, disse: “os caminhos de Deus são como são; tive a oportunidade de conhecer e estudar com os salesianos, e foi aí que senti a necessidade de experimentar e viver como salesiano”.

Finalmente, ele referiu-se ao serviço: “Sou feliz poque o Senhor tem me dado grandes coisas, e não por ser Reitor-Mor; eu sempre senti a presença de Deus, eu sempre disse sim ao Senhor, nem sempre convicto, mas sempre com grande disponibilidade (…) Hoje estou convencido de que nossa vida deve ser usada para servir”.

ANS – Roma