Encontro reflete sobre o Bom Pastor e a valorização do espaço educativo
04/28/2015
De olho na universidade, alunos realizam pesquisa acadêmica
04/28/2015

Crianças do INSA aprendem sobre a importância de tratar o lixo

Desde o início do ano, os alunos do 1º ano, turmas A e B, do Dom Bosquinho, educação infantil do Instituto Nossa Senhora Auxiliadora (INSA-Oratório), em Cruzeiro-SP, estudam o lixo e o processo de decomposição dos materiais.  Durante as muitas pesquisas, as crianças aprendem sobre coleta seletiva, reciclagem e a diferenciar o lixo orgânico, como cascas de frutas e outros alimentos, do inorgânico – composto por materiais como papel, vidro e metal.

Na sexta-feira, dia 24 de maio, a professora Fernanda de Paiva realizou com os alunos uma experiência nova com o intuito de observar como se dá a decomposição e questionar qual o tempo que pode durar. Alunos e professora enterraram separadamente os dois tipos de lixo (orgânico e inorgânico) na horta do colégio. A proposta é retornar daqui a um mês e desenterrá-los para verificar se houve mudanças materiais e, então, discutir como a natureza lida com todo o lixo que produzimos.

Segundo a professora, é preciso chamar a atenção das crianças para os danos que o excesso de lixo provoca no planeta e conscientizá-las sobre a importância de reduzir, reutilizar e reciclar o lixo. O garoto Leonardo Henrique da Silva Carvalho já levou esse pensamento ecológico para toda sua família: “contei para minha mãe, e ela achou legal a ideia. Agora a gente separa o papel, o vidro e os orgânicos… Depois, na casa da minha avó, a gente joga tudo que é orgânico no quintal e cobre com terra, igual na escola”.

Texto: Pedro Whately com colaboração de Fernanda Maria de Paiva / Fotos: Fernanda e Juliana