Apresentado o tema da Estreia 2015: ‘Como Dom Bosco, com os jovens, para os jovens’
06/30/2014
GT de Pastoral da RESAS se reúne em Campinas para definir objetivos e metas
07/03/2014

Casa da Moeda lançará medalhas comemorativas pela canonização de João Paulo II e João XXIII

Em cerimônia inédita no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, a Casa da Moeda do Brasil fará no Altar Central o lançamento das medalhas comemorativas pela canonização dos Papas João Paulo II e João XVIII. Os três modelos, confeccionados em ouro, prata e bronze, serão apresentados ao público durante a Celebração Eucarística das 9h00, nesta sexta-feira (04).

 Criadas e modeladas pelas artistas Érica Takeyama e Nelson Carneiro, as medalhas homenageiam os novos santos da Igreja Católica, canonizados por Papa Francisco em abril de 2014.

A data e o local foram escolhidos porque marcam os 34 anos da visita de São João Paulo II ao Brasil, em julho de 1980, ocasião em que sagrou o altar do Santuário, oferecendo o título de Basílica Menor.

Em entrevista ao A12.com, o prefeito de Igreja padre Valdivino Guimarães ressaltou a importância histórica da data e comentou a homenagem feita pela Casa da Moeda:

“É um momento muito bonito, porque a Casa da Moeda não visa apenas vender as medalhas que lança, mas se preocupa com o lado cultural. A arte do colecionismo, seja de moedas, selos e outros objetos é cultura também. A CMB quis homenagear os santos papas com estas medalhas, como fizeram quando Papa Francisco esteve no país em 2013. É uma data muito significativa para o Santuário e para todos os brasileiros”.

As peças apresentam em seu anverso as faces dos santos, acompanhadas da legenda: “MMXIV – Canonização de João Paulo II e João XXIII”. No reverso, há a reprodução da Basílica de São Pedro, no Vaticano.

Ao todo, serão apresentadas 5 mil medalhas, sendo 4.000 em bronze, 980 em prata e 20 em ouro. A medalha de bronze custará R$ 60 e a de prata, R$ 336, sem o frete. A de ouro só será produzida sob encomenda.

Durante a celebração que será presidida por Dom Raymundo Damasceno Assis, cardeal arcebispo de Aparecida, a Casa da Moeda irá descaracterizar os cunhos em que foram moldadas as medalhas, garantindo, dessa forma, a produção limitada.

Na ocasião, será entregue como presente ao Santuário Nacional uma medalha de prata e o cunho, que serão expostos no Museu Nossa Senhora Aparecida.

Além dos devotos da Mãe Aparecida, os principais colecionadores do país estarão presentes à cerimônia e terão a oportunidade de adquirir a medalha no subsolo do Santuário Nacional.

Por Tatiana Bettoni para A12.com