Funcionários da Casa Inspetorial têm Momento de Salesianidade
08/04/2014
Pe. Lima assessora para padres e diáconos da Arquidiocese de São Paulo
08/08/2014

Zatti, um irmão travesso?

Olá, amigos leitores! Retornamos com esta secção de artigos vocacionais, trazendo-lhes testemunhos de salesianos irmãos dos mais variados lugares. Já passamos pelos pampas argentinos, fomos às alturas da Bolívia e por último, conhecemos um pouco da história vocacional do nosso irmão mexicano, Gustavo Murillo.

Desta vez, vocês irão conhecer uma curiosidade sobre o venerável Artêmides Zatti, peralta quando criança e adolescente, ousado na idade adulta. Assim era o nosso santo enfermeiro da Patagônia, conhecido também como pai dos pobres.

Sobre sua infância e adolescência, acompanhemos:

 

Sua irmã Maria Elisa Zatti, conta que era muito travesso quando menino. “Não faltaram, porém, nestes anos, algumas travessuras que demonstravam a vivacidade do Servo de Deus e sua inclinação à gula” (NORIEGA, 1997, p. 53. Tradução nossa). Conforme foi crescendo e amadurecendo, foi se corrigindo desses e de alguns defeitos juvenis.

Manuel Linares, amigo da família Zatti, que conviveu com o venerável e seus parentes em Viedma, (cidade onde repousam seus restos mortais) nos traz…. Que “[…] pela referência de seus primos, os Vecchi, sei que era muito bom […] segundo me contaram, mostrava-se alegre desde menino e fazia algumas piadas e brincadeiras, porém, inocentes”. (Idem, p. 57).

Para nós, herdeiros do método pedagógico e do estilo de santidade salesiana, sabemos que Zatti, como criança e adolescente foi travesso como muitos, mas cresceu e viveu “a caridade como um fogo que tudo purifica”, como ele próprio afirmava.

O salesiano Irmão Zatti foi menino vivo e travesso, mas ao longo de sua vida, construiu uma sólida amizade com Deus no serviço aos pobres. Este ‘menino travesso’ é hoje um intercessor junto de Deus e que ele nos ajude a alçarmos o voo mais alto: a santidade no estilo salesiano.

Continue conosco. Antenado nesta secção, voltamos em breve!

Irmão Rodrigo Tarcha, Escola Salesiana São José – Campinas – Inspetoria Salesiana de São Paulo.