Salesianos ajudam vítimas do El Niño no Paraguai
01/08/2016
Porta Santa é aberta na terra de Madre Mazzarello
01/08/2016

Terremoto atinge presenças salesianas na Índia

Um terremoto de magnitude 6,8 da escala Richter, com epicentro em Tamenglong, no Estado de Manipur, atingiu o nordeste da Índia nas primeiras horas de segunda-feira, 4 de janeiro. Seguiram-se mais 20 menores tremores. Os tremores foram sentidos também em Bangladesh, Mianmar, Bengala Ocidental e nos Estados indianos limítrofes. Inicialmente informou-se que as vítimas haviam sido cerca de dez, com numerosos feridos e casas destruídas.

A Inspetoria Salesiana de Dimapur, em cujo território se situou o epicentro do sismo, conta muitas presenças salesianas entre escolas, centros juvenis e paróquias. Também as inspetorias adjacentes – de Silchar (INS) e de Guwahati (ING) – têm um certo número de institutos e grupos da Família Salesiana na região atingida pelo terremoto

O Pe. Nestor Guria, Inspetor de Dimapur, informou que todos os religiosos, alunos e membros da Família Salesiana estão bem. Segundo as primeiras notícias só uma pequena rachadura foi avistada na parede de uma igreja, em Tamenglong, epicentro do tremor, onde fica uma presença salesiana com uma paróquia e uma escola.

O Pe. George Menamparampil, Diretor da Procuradoria Missionária Salesiana para a Ásia Sul, referiu, desde Nova Délhi, que não pôs em ação nenhuma operação de socorro, porque o Governo do Estado de Manipur, com o suporte do Governo Federal, está em condições de administrar a situação.

Pequenos terremotos são frequentes na região himalaiana, visto que as placas tetônicas se encontram sob forte tensão. Antes, prevê-se para o futuro um terremoto maior que o de 4 de janeiro, o qual desde 1950 foi o mais forte na Região.

Texto: ANS – Dimapur / Imagem: indiaraliinfo.com