Muito mais que brinquedos: campanha do Liceu Campinas presenteia 600 crianças
10/21/2019
Presença salesiana em Americana completa 70 anos
10/22/2019

Rádio Dom promove o I Simpósio Vulnerabilis

Na quarta-feira, 16 de outubro, no Teatro São Joaquim, em Lorena – SP, aconteceu o “I Simpósio Vulnerábilis” sobre  as vulnerabilidades juvenis, trazendo como tema “Juventudes e Redução da Maioridade Penal: capricho ideológico ou solução eminente?”.

Promovido pela Rádio Dom, a rádio online da Inspetoria Salesiana de Nossa Senhora Auxiliadora, com o apoio do UNISAL (Centro Universitário Salesiano de São Paulo) por meio dos cursos de direito, psicologia, filosofia, pedagogia além de núcleos de pesquisa, ensino e extensão e observatórios, o evento trouxe nomes que são referências no tema e encheu o teatro com ouvintes da região e de cidades mais distantes como São Carlos e Belo Horizonte, além de ser transmitido ao vivo pela rádio online.

Observando de forma atenta as raízes da congregação salesiana , sua opção preferencial, os jovens vulneráveis e entendendo que eles são “a porção mais delicada e preciosa da sociedade”, viu-se a necessidade de divulgar e tratar o tema de forma séria, para isso o ambiente acadêmico se fez solo fértil, chamando não só os alunos mas também toda comunidade.

O tema é atual. Discussões sobre a redução ou não da maioridade penal oscilam dentre os debates mais relevantes no Congresso Nacional e nas conversas cotidianas, portanto um tema que está sempre exposto à população.

Pe. Agnaldo Soares Lima, Salesiano de Dom Bosco, iniciou o debate. Ele possui larga experiência no campo educacional e social na Rede Salesiana Brasil de Ação Social, bem como no monitoramento de políticas públicas na área da infância e da juventude do Brasil, e atuou como coordenador na coordenação Geral do SINASE da Secretária de Direitos Humanos da Presidência da República entre fevereiro de 2011 e fevereiro de 2013.

Pe. Agnaldo apresentou dados sobre a situação dos jovens em situação de conflito com a lei, junto à sua ampla experiência enfatizou a problemática do senso comum baseado no medo e insegurança, percepções que se distinguem da realidade, como mostram os dados que foram apresentados na noite.

Ainda contribuíram com a discussão da mesa, que foi mediada pelo professor e coordenador do curso de Direito (UNISAL – Lorena) Bruno Creado, a Prof.ª Dr.ª Daisy Rafaela, o Prof. Me. Douglas Rodrigues e o Prof. Dr. Pe. Jefferson da Silva.

Foi salientado no evento o fato de que se fala sobre o tema, porém, muitas vezes não se entende a(s) realidade(s) dos jovens.

Os ouvintes da Rádio Dom e os presentes tiveram a oportunidade de fazer perguntas aos palestrantes. Destacou-se no fim a necessidade de agir, unindo a teoria com a prática nas atividades.

Para que haja vida em abundância e a promoção dessa, nenhuma parcela da sociedade pode ser excluída e o olhar cuidadoso aos jovens é carisma e urgência.

David Dias – Coordenador da Pastoral da Juventude Estudantil, estudante de direito do UNISAL e apresentador da Rádio Dom