OSSJB recebe assessoria da RSB para desenvolvimento de projetos
09/02/2016
Catequistas, ministros da mensagem cristã
09/06/2016

Pe. Osmar Padovan torna-se doutor com tese sobre Dom Bosco

Dando as “boas vindas” ao mês de setembro e a todos os desafios e oportunidades que ele traz consigo, não podemos nos esquecer daquilo que a Igreja nos levou a refletir nos últimos trinta dias: a beleza das vocações e a importância de responder ao chamado de Deus com nossas vidas!

Além disso, lembramos que, no dia 16 de agosto, comemoramos o aniversário de 201 anos de Dom Bosco. Esta data tão especial para toda a Congregação Salesiana, marcou, de forma particular, o ano de nosso querido Pe. Osmar Hércules Padovan. Isso porque, depois de quatro anos de estudos sobre a vida de Dom Bosco, o sacerdote salesiano, teve a alegria de apresentar sua tese de Doutorado na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC-SP, no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Religião. O título resume bem o que desenvolveu na tese: “Dom Bosco: a aventura de um líder religioso. Sua ação socioeducativa inovadora num contexto de revoluções”.

O que o motivou a desenvolver este tema foi o projeto da Congregação Salesiana, em preparação ao bicentenário do nascimento de Dom Bosco (1815-2015), quando Pe. Pascual Chávez (até então, o Reitor-Mor) convidou a todos a embarcarem nos estudos sobre João Bosco: tanto em sua realidade histórica, sua proposta educativa e sua espiritualidade.

Motivado por tudo isso, Pe. Osmar fez uma nova leitura de Dom Bosco, recorrendo as mais recentes pesquisas sobre ele no seu contexto familiar; nos estudos que fez; nos ofícios que aprendeu; em sua missão como padre educador; e nas relações com os líderes revolucionários. Quando a Itália se tornou uma nação unificada, João Bosco “assumiu”, também o papel de mediador entre a Igreja e o Estado.

Aproveitando-se de teorias pedagógicas que estavam sendo desenvolvidas por muitos estudiosos de sua época (alguns dos quais teve contato), Dom Bosco iniciou um projeto socioeducativo inovador, que visava levar a mensagem da Igreja para a juventude operária que estava nascendo em Turim (Itália), criando um novo modelo de Oratório.

Enfim, a tese apresentada por Pe. Osmar mostrou um Dom Bosco fascinado e fascinante, que deixa um legado, ainda hoje, reconhecido pela sociedade, de modo especial no campo da educação da juventude.

A todos que o apoiaram e partilharam dos seus estudos, ele agradece dizendo: “O sentimento é de dever cumprido pela meta alcançada! Fica a sensação de uma alegria profunda pelo reconhecimento positivo que recebi, ao lado da minha orientadora, das professoras e dos professores doutores que fizeram parte da Banca Examinadora.”
Assim, a Obra Social São João Bosco, juntamente com a Paróquia Dom Bosco (Residencial Vida Nova), parabeniza nosso amigo, Pe. Osmar Hércules Padovan, por mais esta conquista!

Texto: Gabriela Haeitmann e Pe. Osmar H. Padovan / Fotos: Equipe da Paróquia Dom Bosco