Missa marca despedida de alunos e fechamentos de ciclos na ESSJ
12/18/2018
Campinas: missa e confraternização reforçam sentimento de gratidão
12/19/2018

Pe. Eraclides Pimenta é ordenado em Votuporanga

Sábado, 15 de dezembro de 2018, foi mais um dia de grande alegria para a Igreja e para a Família Salesiana de modo mais específico. A Catedral Nossa Senhora Aparecida, na cidade de Votuporanga, interior do Estado de São Paulo, esteve lotada para receber um novo sacerdote, o Pe. Eraclides Reis Pimenta.

A cerimônia foi presidida por Dom Paulo Mendes Peixoto, arcebispo metropolitano de Uberaba-MG, sendo que, por meio da imposição de suas mãos, o então Diácono Eraclides foi ordenado padre. Também estiveram presentes muitos salesianos, entre eles o inspetor, Pe. Justo Ernesto Piccinini, membros dos grupos da Família Salesiana, amigos, familiares e a comunidade local.

Pe. Eraclides tem 39 anos, é natural da cidade de Votuporanga e é o mais velho de dois irmãos. Segundo ele, o fato de ter se envolvido na animação litúrgica e catequética desde muito cedo influenciou de modo fundamental o seu discernimento vocacional salesiano. “A caminhada de fé vivida durante a juventude e amadurecida quando já beirava os trinta anos me permitiu reconhecer o quanto o Jesus Cristo me chamava para uma missão específica. Até então, não descartava a possibilidade da vida matrimonial, porém admitia (apenas intimamente) sentir um impulso diferente, que hoje posso afirmar: eram as sementes divinas que viriam a frutificar na vocação à vida consagrada e presbiteral”.

O ingresso do Pe. Eraclides para a vida consagrada salesiana teve o incentivo de uma Filha de Maria Auxiliadora, que o motivou para iniciar um processo de discernimento vocacional com os Salesianos de Dom Bosco, isso após ter vindo morar em São Paulo e iniciado a faculdade de geografia e história. “Na verdade, a vida, o testemunho e a história do nosso pai e fundador me cativavam de um modo diferente, ainda que quase nada conhecesse sobre esse homem. Não sou capaz de explicar com detalhes como se deu meu encantamento pelo nosso amado Dom Bosco. Acredito ser uma daquelas sutilezas de Deus ao longo da nossa vida. Posso garantir, o que chamo de sutilezas de Deus são realidades muito profundas e transformadoras”, conta o padre.

Pe. Eraclides escolheu como seu lema de ordenação presbiteral o versículo “O Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir” (Mc 10, 45). “O motivo pelo qual tomei Mc 10,45 parte da minha experiência familiar. Sempre testemunhei a doação e a bondade dos meus pais, avó e familiares em geral. Em meio às muitas dificuldades que vive toda família, a minha sempre foi generosa. Nunca ouvi dentro de casa conselhos egoístas e competitivos. Cuidado com os mais pobres, doentes e necessitados em geral foram atitudes muito reais na minha vida. Também é bom lembrar que na minha comunidade de origem, Paróquia Santa Joana, essas mesmas realidades eram muito presentes”, relata. “A forte afirmação: ‘O Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir’ está localizada no coração do evangelho segundo Marcos. Depois dessa revelação, Jesus vai para Jerusalém onde lhe será exigido o maior dos serviços: a entrega da própria vida, na cruz. É algo decisivo. Sinto que esse versículo bíblico também tem a ver com a destemida tomada de posição de Dom Cagliero nos tempos de crise do início da Congregação Salesiana. Chegou o momento no qual era preciso avançar, e então afirma o grande missionário: ‘Frade ou não frade, fico com Dom Bosco!’, explica.

E aos jovens, o neosacerdote deixa uma mensagem: “Lembre-se sempre que toda pessoa mais do que carregar um tesouro dentro de si, ela mesma é um tesouro. Todo tesouro como tal tem de ser conservado e cuidado. Dedique a tua vida e vocação a conservar e cuidar dos ‘Tesouros’ que Deus te deu. Não importa qual seja a resposta vocacional que você der (matrimônio, vida laical, vida religiosa consagrada, vida sacerdotal ministerial, etc.), o importante é SERVIR. Agora tem uma coisa! Eu sempre brinco com os jovens mais familiarizados comigo: Quer ser salesiano? Tem vaga!”.

Pe. Eraclides foi o quarto salesiano ordenado sacerdote pela Inspetoria Salesiana de Nossa Senhora Auxiliadora neste final de 2018. Nas semanas anteriores foram ordenados os padres Bruno Calderaro, Alcy Mauricio e Ronaldo Pereira. No dia 22 de dezembro, em Lorena, será ordenado padre o Diácono Luiz Paulo Feliciano de Oliveira e em 5 de janeiro o Diácono Emerson Medeiros da Silva.

Deus seja louvado pela vocação sacerdotal!