Reitor-Mor fala sobre a visita do Papa Francisco a Valdocco
06/19/2015
Alunos do Liceu Coração de Jesus concluem o programa PROERD
06/23/2015

O Papa Francisco na Basílica de Maria Auxiliadora

Chegou por entre alas em festa, aplausos e aclamações dos Jovens, dos educadores e do povo que cotidianamente anima a vida da Basílica de Maria Auxiliadora, de Valdocco e de todo o Bairro, há 200 anos plena periferia de Turim: o Papa Francisco, depois de peregrinar até a Síndone e de ter homenageado Nossa Senhora da ‘Consolata’, chegou finalmente ao coração espiritual da salesianidade neste dia 21 de junho.

Após saudar a multidão que, havia horas, o esperava na Praça Maria Auxiliadora, o Pontífice foi acompanhado ao ingresso da Basílica, indo logo venerar os despojos mortais de Dom Bosco em seu altar. Foi um momento de oração pessoal intensa, feita pelo Papa jesuíta, que nunca escondeu sua devoção a Dom Bosco e os seus traços tipicamente ‘salesianos’.

A oração a Jesus Eucaristia recordou depois como, à raiz da vida da Igreja, esteja sempre a Pessoa viva de Jesus Cristo e o seu Presente feito à Humanidade, para ser o Pão para todos.

Sugestiva e sempre densa de sentido espiritual foi a oração cantada por um tenor de Livorno, Marcos Voleri, o qual, acompanhado ao órgão pelo Maestro Maurizio Palazzo, interpretou a Ave-Maria, de Vavilov.

Em nome da Família Salesiana – “árvore de muitos ramos” – falou em seguida o Reitor-Mor dos Salesianos, Pe. Ángel Fernández Artime, que em sua saudação ao Pontífice agradeceu ao Papa pela Visita e confirmou o empenho de todos os que se inspiram em Dom Bosco por seguir os ensinamentos do Papa, especialmente “no cuidado particular pelos jovens pobres”.

O Reitor-Mor entregou a seguir alguns brindes ao Papa Francisco – outros serão entregues sucessivamente, como uma moto de época, feita pelos Jovens alunos do Centro de Formação Profissional, de Brá – e deu a palavra ao Papa para a sua fala de saudação, acompanhada pela récita de uma Oração especialmente preparada para a ocasião e pela Bênção de Nossa Senhora Auxiliadora.

O esperadíssimo encontro do Papa Francisco, na Basílica de Maria Auxiliadora, terminou. Mas não a festa, que prosseguiu por entre o entusiasmo dos presentes não apenas o Santo Padre reapareceu à vista do Povo na Praça, para dirigir novamente o seu olhar e atenção aos Peregrinos, aos Jovens e aos Fiéis que continuavam a esperar.

 

Por Gian Francesco Romano para Info ANS