Jovens da Paróquia N. Sra. de Fátima e Santo Amaro aprofundam o Mistério Pascal
abril 18, 2017
Páscoa na Obra Social Dom Bosco: a vida fala mais forte
abril 19, 2017

Jovens paulistas vivem a experiência da Páscoa Juvenil

De 13 a 16 de abril de 2017 aconteceu mais uma edição da Páscoa Juvenil interinspetorial, promovida pela Pastoral Juvenil Salesiana das duas inspetorias salesianas de São Paulo, a de Nossa Senhora Auxiliadora, dos Salesianos de Dom Bosco, e a Santa Catarina de Sena, das Filhas de Maria Auxiliadora.

Foram 45 os jovens participantes, provenientes das comunidades dos Salesianos e das Salesianas. Também acompanharam a experiência várias irmãs salesianas, e salesianos. A hospedagem, as refeições, as formações, as confissões e reflexões aconteceram no Colégio de Santa Inês. A vivência das celebrações do Tríduo Pascoal deram-se junto com a comunidade da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, no Bom Retiro.

Na Quinta-feira Santa, após a vivência da celebração da Ceia do Senhor na paróquia, a Irmã Helena Guesser, inspetora das FMA, acolheu os participantes com a mensagem de Boa Noite. Em seguida, houve o momento de integração com os jovens e a apresentação deles. Na sequência deu-se a Vigília com a Adoração ao Santíssimo Sacramento, a síntese do dia e descanso.

Na Sexta-feira Santa as reflexões foram: “Páscoa: partilha e serviço”, “o mistério da cruz e a liturgia da Adoração à Cruz” e o “Jejum”, na parte da manhã. No período da tarde houve o “deserto” (momento individual de interiorização, oração e reflexão), a celebração da Adoração da Cruz e a procissão do Senhor Morto acompanhado de Nossa Senhora das Dores junto com a comunidade da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora. À noite foi refletido sobre o “Projeto de vida” e a vivencia da “Via Sacra”, elaborada e encenada pelos jovens, baseada na Campanha da Fraternidade 2017.

No Sábado Santo aconteceu a celebração penitencial recordando a renovação das promessas batismais, as confissões individuais e os participantes assistiram ao filme ‘Ressurreição”. No período da tarde refletiu-se e partilhou-se sobre o filme, houve reflexão sobre o “fogo novo” e a “Lectio Divina”. À noite, a celebração da Vigília Pascal junto à comunidade paroquial e, após, a gincana com o Caça ao tesouro – Cristo Vive e repouso.

O domingo da Ressurreição, dia 16, foi o momento da avaliação: “o que ouvimos, vimos e sentimos, agora anunciamos”, a arrumação das malas, a Eucaristia de encerramento e o retorno dos jovens para as suas casas.

A experiência da Páscoa Juvenil vivida com os jovens demonstra-nos que eles têm sede de conhecer a pessoa de Jesus Cristo e estão dispostos a segui-Lo. Na maioria das vezes faltam-lhes pessoas, catequistas, religiosos e religiosas, leigos, educadores, famílias, comunidades educativas maduras e comprometidas que os ajudem a conhecer, compreender e vivenciar os fundamentos da fé cristã e traduzi-la em atitudes no cotidiano. Dom Bosco e Madre Mazzarello continuem a inspirar-nos e a fazer das nossas vidas uma oferta incondicional aos jovens de hoje e nos tempos de hoje.

Pe. Roque Luiz Sibioni – Delegado para a Pastoral Juvenil