UNISAL participa do Curso para Diretores das Instituições Salesianas de Educação Superior
10/04/2019
Professor do UNISAL integra Cátedra da UNESCO
10/04/2019

IV CONISE no UNISAL abordou a pesquisa como ato político na educação

“A Pesquisa como Ato Político na Contemporaneidade”. Com esse tema, o IV Congresso Internacional Salesiano de Educação – CONISE, realizado de 26 a 28 de setembro no Centro Universitário Salesiano de São Paulo – UNISAL, unidade Americana, desenvolveu palestras, mesas-redondas, apresentação de pôsteres, comunicações e oficinas.

Os participantes, alunos de Graduação, Pós-graduação e Mestrado do UNISAL, da Universidad Politécnica Salesiana (UPS) e de outras instituições de ensino superior, além de docentes e pesquisadores, assistiram e interagiram com professores do UNISAL e convidados. Ao longo das atividades, as pesquisas e os estudos abordaram assuntos que envolvem Educação Social, Educação Popular, Educação não formal, Pedagogia Social e Tecnologias Sociais.

Embora essa seja a quarta edição do CONISE, é a primeira vez que a unidade de Americana sedia o evento. De acordo com o professor Renato Soffner, coordenador do Mestrado em Educação da unidade, esse desafio foi, também, um privilégio. “Durante esses dias recebemos os participantes com apoio de uma equipe formada por alunos, ex-alunos, professores, e pesquisadores que hoje são parceiros na luta pela educação. Estamos profundamente agradecidos por tudo o que realizamos”.

Alunos protagonistas do UNISAL

O X Seminário sobre Educação Sóciocomunitária foi incorporado ao CONISE, fortalecendo os debates sobre o tema. Os alunos participaram com apresentação de pôsteres ou comunicações orais sobre as pesquisas que desenvolveram. Caroline Ardrin, aluna do 8º semestre do curso de Serviço Social, apresentou um pôster intitulado “Aprender com a pesquisa: um relato de experiências a partir do diálogo”, em que apontou os benefícios que a pesquisa trouxe para a sua vida acadêmica e pessoal. Segundo ela, o CONISE foi mais uma experiência, a partir do muito dialogar, que fez despertar nela um potencial criador.

“O CONISE e o Seminário foram muito importantes para mim, pois, com as experiências dos outros vejo o quanto posso me desenvolver. A interculturalidade nos permite enxergar melhor a realidade de outras nações, que podem servir de exemplo para o que estamos estudando e construindo. As linhas de pesquisa de todos os colegas de diferentes cursos, dos professores e palestrante agregaram muito na minha vida pessoal e profissional”, afirma.

Duas palestras internacionais fizeram parte da programação, com grande envolvimento dos alunos. A conferência de abertura foi conduzida pela Profª Dra. María Sol Villagómez Rodrigues, docente e pesquisadora da Universidad Politécnica Salesiana do Equador – UPS. Com o tema “A educação superior, um ato político e uma alternativa de transformação”, versou sobre o papel dos docentes e futuros professores na construção da educação como forma de inclusão e alcance aos menos favorecidos.

Na sexta-feira (27), o professor Prof. Fabian Cabaluz Ducasse, docente da Universidad Academia de Humanismo Cristiano (Chile), falou aos presentes sobre “Pedagogias Críticas Latino-Americanas”, abordando uma Educação que transforma o indivíduo. A Profa. Dra. Valéria Oliveira de Vasconcelos, docente do UNISAL, traduziu a palestra, o que colaborou de modo significativo para a participação dos presentes, principalmente alunos, que puderam tirar dúvidas sobre as maneiras concretas de estabelecer a educação social no Brasil de maneira assertiva.

Ao final, um momento de sorteios de livros e brindes do UNISAL foi realizado de maneira muito descontraída, com os integrantes do comitê de organização, Vaníria Felipe Tozato e Robert Nascimento.

Oficinas e encerramento

No sábado (28) todos os participantes foram recebidos com um café da manhã especial para partilha. Em seguida, iniciaram-se as oficinas, que interagiram com o tema central. Docentes do UNISAL e de outras instituições apresentaram temas de estudos, como Narrativas pedagógicas de/com professores; Educação, Estado e micropolíticas; Relações dialógicas na sala de aula: a construção do debate no ensino; Patrimônio Educativo e a História Oral; Interculturalidade e educação popular: desafios da pesquisa; A educação salesiana em tempos de travessia: procedimentos educativos numa perspectiva prática e Educação em Direitos humanos e a construção da identidade.

Na conferência de encerramento, o Prof. Dr. Luís Antonio Groppo, da Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL – MG), falou sobre Movimentos sociais e educação, fechando o IV CONISE e X Seminário de Educação Sóciocomunitária.

Os palestrantes internacionais convidados, Profº Fabian Cabaluz Ducasse e Profa. Dra. María Sol Villagómez Rodrigues, agradeceram a receptividade do UNISAL, não só a eles, mas aos alunos do Equador que estiveram presentes. “Estou muito contente e agradecido por esse convite. É importante mantermos uma aliança entre as Universidades da América Latina que têm a visão da educação social e acessível. A educação tem que estar a serviço da construção de uma sociedade democrática e digna, e conhecemos o esforço das instituições salesianas neste sentido”, concluiu o Prof. Fabian.

Comunicação e Marketing – UNISAL