Chá e música: aluninhos do Liceu Campinas homenageiam avós
09/26/2016
UNISAL e PUC realizam o II Congresso Internacional de Doutrina Social da Igreja
09/27/2016

Família Salesiana faz peregrinação pelo Jubileu da Misericórdia

No sábado, 24 de setembro, a Catedral da Sé, em São Paulo, recebeu um grupo composto por centenas de peregrinos provenientes de diversos grupos da Família Salesiana para celebrarem em comunhão com a Igreja o Ano Santo da Misericórdia. A peregrinação foi motivada pelo lema “Com Jesus, Nossa Senhora Auxiliadora e Dom Bosco, vamos juntos mostrar o rosto da misericórdia”.

A concentração dos fiéis estava prevista para às 11 horas na Praça da Sé, mas algumas pessoas chegaram bem antes para aproveitarem ainda mais a peregrinação, além de conhecerem melhor a catedral, marco religioso e arquitetônico da cidade. Aos poucos o volume de pessoas foi aumentando com a chegada dos grupos vindos de das paróquias, obras sociais, escolas instituições de ensino superior dos Salesianos de Dom Bosco e das Filhas de Maria Auxiliadora, as salesianas. Também participaram da peregrinação outros grupos vinculados à Família Salesiana, como os Salesianos Cooperadores e a Associação de Maria Auxiliadora (ADMA).

Animados, religiosos e leigos, entre eles muitos jovens, iniciaram o roteiro de peregrinação com a parada e a passagem pela Porta Santa, um convite a abrir a porta de sua existência a Jesus. “Eu sou a porta. Quem entrar por mim será salvo; poderá entrar e sair, e encontrará alimento (Jo 10, 9).

Na sequência, o grupo se dirigiu à capela batismal onde refletiu-se, em silêncio o dia em que cada um tornou-se filho de Deus, irmão de Cristo e membro da Igreja. Juntos todos rezaram a oração adaptada da benção da água: “Concedei-me, Senhor, pela vossa misericórdia, preservar na vida cristã, pela vossa força em mim, possa vencer os perigos do corpo e da alma e possa chegar à vossa presença com fidelidade a vós. Amém”.

Saindo da capela, ao caminhar pela nave central da catedral, os peregrinos salesianos refletiram a Palavra de Deus, à luz da passagem de João 14, 6: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim”. Caminharam lentamente colocando-se como discípulos e rezaram o Salmo 120 (121) que fala do Senhor como o guardião da vida.

Pe. Roque Luiz Sibioni, delegado para a Pastoral Juvenil Salesiana, ressalta a importância da prática misericordiosa: “A experiência de ser amado e alcançado pela misericórdia de Deus lança-nos na aventura divina e ousadia do amor gratuito e desinteressado, que liberta e rompe com outras lógicas, interesses, sistemas e deuses que nos aprisionam”. E complementa pedindo que “sejamos, com alegria, expressão e extensão válidas e eloquentes da misericórdia divina em nossa família, com nossos amigos e colegas de trabalho, de estudo e também com as pessoas mais necessitadas de presença amiga ou de ajuda material”.

Ao meio-dia os peregrinos da Família Salesiana celebraram a Eucaristia, presidida pelo Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer e concelebrada pelos bispos salesianos Dom Antonio Carlos Altieri, Dom Fernando Legal, Dom Hilário Moser, pelo inspetor da Inspetoria Salesiana de Nossa Senhora Auxiliadora, Pe. Edson Donizetti Castilho e pelos demais padres presentes.

Texto: Anderson Bueno / Fotos: Fernando Gaia e Arquivo ISSP