A Articulação da Juventude Salesiana (AJS) é uma rede de apoio mútuo e articulação entre os variados grupos de jovens, que se identificam com a espiritualidade juvenil salesiana e querem vivê-la. É um trabalho conjunto dos Salesianos de Dom Bosco (SDB), Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), de toda a Família Salesiana e da Juventude.

Características da AJS

É uma proposta de articulação de grupos autônomos, que têm organização, metodologia e objetivos próprios. Está em sintonia com as orientações da Pastoral da Juventude da Igreja do Brasil (PJB) e insere-se nas iniciativas da Pastoral da Juventude Local. Tem como inspiração sustentadora os valores e crenças da espiritualidade juvenil Salesiana. Possui uma estrutura de organização que busca combinar a animação orgânica (em nível nacional, regional, local) com a autonomia de cada grupo. Os níveis da estrutura organizativa podem variar segundo necessidades e peculiaridades locais e/ou regionais.

A Organização da AJS

A estrutura de organização da AJS pode variar de ambiente para ambiente, de situação para situação. Não possui uma estrutura organizativa pré-determinada e obrigatória seja para os grupos, seja para a articulação entre eles. Na organização da AJS é fundamental respeitar as diferenças e peculiaridades de cada realidade. Portanto, a estrutura organizativa será aquela necessária para garantir a articulação e a animação dos diversos grupos em uma obra, presença ou cidade e a sua relação com outros grupos de outras obras, cidades, inspetorias ou estados.

O que se quer com a AJS?

Dentre os muitos fatores positivos da experiência associativa, já apresentados, esperamos proporcionar: Aos grupos e jovens que integram a AJS:

  • Experiência dos valores da espiritualidade Salesiana, conhecimento de Dom Bosco e de Maria Mazzarello, vivência das crenças e valores salesianos;
  • Um processo de crescimento humano e de formação da fé cristã com caráter educativo e missionário;
  • Experiência dos valores da espiritualidade Salesiana, conhecimento de Dom Bosco e de Madre Mazzarello;
  • Um processo de crescimento humano e de formação da fé cristã com caráter educativo e missionário;
  • Um itinerário de formação desenvolvido dentro do grupo;
  • Vivência das relações interpessoais e intergrupais, valorizando a diversidade e a identidade de cada um;
  • Desenvolvimento de um processo organizativo pautado na participação e envolvimento dos jovens, leigos adultos e toda a Família Salesiana;
  • Desenvolvimento de suas potencialidades pessoas, suas convicções e valores;
  • Oportunidade de inserção do jovem como membro ativo e atuante em seu ambiente, engajando-se em ações sociais, religiosas, de cidadania… Dedicando parte de seu tempo á vivência de um ideal em favor do bem comum.
Fonte: FILHO, Genésio Zeferino da Silva Filho (org). Articulação da Juventude Salesiana – Princípios Norteadores. Belo Horizonte. Inspetoria São João Bosco. 2003